Banco Central lança sistema para que pessoas físicas e jurídicas saibam se possuem dinheiro ”esquecido”

No dia 24 de janeiro, o BC (Banco Central) lançou um serviço de “contas a receber”, permitindo que pessoas e empresas verifiquem se as instituições financeiras “esqueceram” dinheiro. Ou seja, devido ao alto volume de acertos, o serviço que permite resgatar seu dinheiro esquecido está temporariamente suspenso. Só deve reabrir em 14 de fevereiro, segundo BC.

Uma pesquisa realizada em 2021 mostrou que os clientes poderiam receber cerca de 8 bilhões de reais dos bancos. Segundo o BC, muitos não sabem ou não lembram desses valores, recursos cobrados indevidamente ou sobras de contas encerradas e/ou antigas. Saiba a seguir como será esse novo recurso.

Como verificar os valores nos bancos

Para saber se você tem algum dinheiro que não lembra, basta visitar o site do banco central. Vá para a seção ‘’Minha Vida Financeira’’, aperta na opção de ‘’Valores a Receber’’ e clique em “Visualizar Relatório de Valores a Receber” Em seguida, digite “Iniciar Consulta”, digite o número da sua previdência e aguarde o sistema perguntar se você tem algum recebível.

No entanto, caso houver dinheiro, o próximo passo é usar ‘’Portal Registrato’’, sistema interno do BC, que serve para verificar quais são as instituições e os valores disponíveis.

Como entrar no sistema Registrato?

Se você já é cadastrado no sistema Registrato, basta digitar seu login e senha para entrar. Se não, você precisará criá-lo. Primeiro, nos campos solicitados preencha os formulários com os dados pessoais. Após isso, terá uma chave de segurança, pegue e vá no seu banco para acessar, em seguida, na opção ‘’cadastre-se’’ cole a chave. Então, volte novamente ao BC e aperte para receber o valor.

Como pegar o dinheiro disponível

Depois de ter seu login e senha prontos, visite o Registrador novamente e procure pela opção “Valores a Receber”. Se houver uma notificação de “solicitar aqui”, clique e solicite o reembolso, que irá diretamente para sua conta bancária (via TED, Pix ou Doc) em até 12 dias úteis. Em suma, caso a notificação não apareça, o cliente deve entrar em contato com o banco para combinar a devolução.

Veja também: Instituições bancárias oferecem opções de empréstimos para empresários da categoria MEI

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*