Pular para o conteúdo

CEF anuncia renegociação de dívidas do Pronampe

    A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (28) uma renegociação de dívidas de Pronampe (Programa de apoio às micro e pequenas empresas). A iniciativa, que é voltada para empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, oferece descontos de até 90% nos juros e multas de contratos em atraso.

    As dívidas que podem ser renegociadas são de programas como Microcrédito Caixa Fácil, Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), Crédito Cidadão e Financiamento para Aquisição de Imóveis Rurais (Pronaf).

    Imagem Ilustrativa Pronampe
    Fonte Poder 360º – Imagem ilustrativa

    Para renegociar, os clientes devem acessar o site da Caixa ou ligar para a central de atendimento pelo número 0800 726 0101. É necessário informar o CPF ou CNPJ da empresa.

    As condições de renegociação variam de acordo com o tipo de programa e o prazo em atraso. No geral, os clientes podem parcelar as dívidas em até 96 vezes, com entrada mínima de 10% do valor total.

    A renegociação é uma oportunidade para micro e pequenas empresas que estão com dificuldades para pagar suas dívidas. A medida pode ajudar a melhorar a saúde financeira das empresas e evitar que elas entrem em recuperação judicial ou falência.

    Principais pontos da renegociação do Pronampe

    – Os descontos podem chegar a 90% nos juros e multas de contratos em atraso.

    – As dívidas que podem ser renegociadas são de programas como Microcrédito Caixa Fácil, Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), Crédito Cidadão e Financiamento para Aquisição de Imóveis Rurais (Pronaf).

    – Os clientes podem renegociar suas dívidas pelo site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0101.

    – As condições de renegociação variam de acordo com o tipo de programa e o prazo em atraso.

    A renegociação é uma medida importante para ajudar micro e pequenas empresas que estão com dificuldades financeiras. A medida pode contribuir para a recuperação econômica do país.

     

    O que é o PRONAMPE?

    O Pronampe é o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, criado em 2020. É um programa de financiamento do governo federal destinado a apoiar o desenvolvimento das micro e pequenas empresas (MPEs) brasileiras.

    O Pronampe oferece linhas de crédito para capital de giro e investimento. O capital de giro é destinado a financiar despesas operacionais das MPEs, como salários, contas a pagar e estoque. O investimento é destinado a financiar a aquisição de máquinas, equipamentos, infraestrutura e outros bens que contribuam para o crescimento das MPEs.

    Para ter acesso ao Pronampe, as MPEs devem atender aos seguintes requisitos:

    – Ser pessoa jurídica;

    – Ter faturamento anual de até R$ 4,8 milhões;

    – Estar regularizada perante a Receita Federal e a Previdência Social;

    – Apresentar garantias suficientes para o financiamento.

    Os financiamentos do Pronampe são concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, o Banco do Nordeste do Brasil e o Banco da Amazônia.

    O Pronampe é um importante instrumento de apoio ao desenvolvimento das MPEs brasileiras. Ele contribui para a geração de emprego e renda, o aumento da competitividade das MPEs e o fortalecimento da economia brasileira.

    No ano de 2023, o Pronampe foi prorrogado até 31 de dezembro de 2024. O programa foi alterado para permitir que as MPEs possam contratar empréstimos com taxas de juros mais baixas.

    Saiba mais

    PRONAMPE: R$ 14 bilhões em crédito para pequenas

    – Pronampe proveu R$ 20,3 bilhões em um mês

    Pronampe: crédito a pequenos negócios é autorizado

    – Pronampe garante distribuição de mais de R$ 50 bilhões para pequenos empreendedores

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *